terça-feira, 24 de março de 2009

:::Ratoeira Para Masoquistas::::

Fonte: voascomigo.blogspot.com

.ok. mais uma vez a ressurreição do falecido.

.apesar do início promissor, agora tudo está muito morno. e não sei o porquê. talvez falte uma ação mais efetiva da minha parte. ou então, aquela má fase que ele enfrenta está complicando o meio de campo. quem sabe ambos estão receosos. só não espero uma grande reviravolta nessa estória....

.não o coloquei contra a parede, porque acho isso muito inapropriado via MSN, e-mail, telefone, etc. certas ações necessitam cara-a-cara. e provavelmente, não demora essa hora (visto que em uma data próxima, terei uma entrevista de trabalho na cidade dele ). é um misto de ansiedade e medo (de ver a realidade - para o bem ou para o mal).

.quisera eu poder ter uma mínima noção do que se passa pela cabeça dele. expectativas demais só atrapalham. questiono se ele realmente deixará para trás alguns acontecimentos ao tentar um novo caminho (sem apagar erros, visto que a lembrança é aviso diário do que se evitar). o que ele pretende afinal?

.não queria me render novamente, mas foi inevitável. tenho uma prisão onde as celas não tem cadeados. vivo atado a algo invisível, talvez inexistente, mas que me possui, me alimenta, me tortura.

.a armadilha parece tão evidente. mas por que será que o sentimento pelo risco prevalece?

.abraço.

7 comentários:

Venenoso disse...

vixxx....

ex de outra cidade ainda?

eu não sou a pessoa mais indicada pra falar de ex-namorados... hehehe

Bom, bota uma fotinha do corpito aew! ehehehhe

bjo

FOXX disse...

eu estou tão tenso quanto você

Leo disse...

Boa sorte!
Pelo menos, se der errado, você vai saber que tentou...

Mike disse...

querido, coloca só uma coisa nessa cabecinha...


algumas características estão tão enraizadas no nosso ser que são impossíveis mudá-las...


mas de novo: ALGUMAS...

Serginho Tavares disse...

se você não espera nada grande não terá nada grande. e nunca saberemos o que se passa na cabeça dos outros!
cada um. é cada um.

Fernando disse...

Se a gente fosse telepata e soubesse o que se passa no cérebro alheio facilitaria tanto, né? Duro a gente ter que se virar sem ela. Meu momento da verdade tbém tá chegando, deve ser amanhã. Na torcida por nós dois :^) Bjos.

Gay Alpha disse...

O segredo do bom rato é pegar o queijo e escapar da ratoeira, mon ami!!! E o fascínio pelo penhasco e pelo risco eminente é inerente ao homem!!! Quem não arrisca, não petisca!!!
Hugz!!!