quarta-feira, 18 de março de 2009

::::Como Minimizar O Máximo::::

Fonte: blog.reginavolpato.com.br

.ok. a abordagem faz toda a diferença.

.eu evito assistir à televisão, porém ocasionalmente (mais nas férias) acompanhava o "Casos de Família". gostava porque era divertido, contava estórias interessantes e inesperadas, além de, claro, presenciar a sempre bem-vinda atuação de sua apresentadora, Regina Volpato. ao contrário da Márcia, ela conduzia com habilidade cada confissão, discussão, arrependimento. e sem baixaria. tudo muito leve. uma das minhas partes preferidas envolviam casos tristes, quando o convidado não resistia e caía em lágrimas. Regina, com toda a calma, oferecia um lencinho e segurava a mão do convidado, consolando. super querida!

.e essa é a diferença. sempre temos diversas formas de abordar certos fatos. contar estórias. criticar atos. brigar com quem amamos ou não. discutir caminhos. revelar segredos... gestos e palavras, racionalidade e direcionamento, são necessários para que um simples sopro não cause um desmoronamento.

.minha intenção é sempre controlar a impulsividade. contar até 10. não deixar sentimentos cegos guiar minhas atitudes em momentos limites. porém, levar a sangue frio certas situações ainda é um item a alcançar. já perdi diversas vezes, empatei outras, raras vitórias.

.será que os controlados-racionais-compreensivos são abençoados pela vida ou apenas bons aprendizes das lições que ela dá?

.abraço.

10 comentários:

Latinha disse...

Eu conheço esse programa porque minha mãe comentou e um dia eu parei para ver... eu concordo com você. A apresentadora é a alma do programa e ela é muito hábil.

Mostra que um programa popular não precisa ser um circo de horrores, vi por diversas vezes ela ser dura com os convidades mas sem ser desrespeitosa.

Abração!

Autor disse...

Meu namorado adorava o Casos de Família, hehehe
Mas a Regina saiu e estão escolhendo uma nova apresentadora agora... Acho que não vão manter o nível.

Mike disse...

ou um dia explodem em stress... huahauhauhauha... amava a regina volpato, o SBT só sabe é estragar as frutas boas da casa...

Serginho Tavares disse...

a regina é maravilhosa mas merece um programa a sua altura e não algo desse nível
ela tem muito mais a oferecer para essa tv tão lixo que temos hoje em dia

outeabout disse...

Sempre achei a Regina Volpato fina demais praquele programa..rs Ela tem condescendência no olhar, uma doçura imensa... Sayonara Marilaki mandando Cartier McCratney pro inferno e ela lá:"Mas dona Sayonara, a senhora não acha que o diálogo é o melhor caminho pra compreensão"? MUSA!rs

Bruno disse...

Dá pra fazer a cabeça com esse programa mesmo!

Gay Alpha disse...

Ihh... agora ficou complicado para eu opinar. Simplesmente pq sou assumidamente descontrolado-passional-amalucado... hehehe!!!
E por favor... não me entenda de forma errada sobre meu comment sobre a revista... foi apenas uma graça que quis fazer. Sorry!
Hugzzzz!

Zephyr disse...

eu acho que tudo é uma questão de saber se controlar, as vezes dá, as vezes não, acho que no fundo todo mundo é assim afinal de contas ainda nao somos robos pré programados :D

Arsênico disse...

ai G-zuiz... quiridjo... eu acho que é válido errarmos... quebrarmos o carÓn mesmo... porque acredito que se fizéssemos apenas o que é correto... nos acharíamos os melhores dos melhores... e o ser humano precisa de umas quedas pra perceber que está no mesmo patamar que os outros...

atÓron quando a Regina fica comovida com os convidados... um certo programa... um convidado meio de idade avançada... a elogiou tanto que ela até perdeu a cor... hilário...

***

ThAmMyReS disse...

hahhaha já assisti muito casos de familia mas o da Marcia nem da para engolir hahahhaha
eu acho muito sem graça!!!
não consigo controlar a minha a impulsividade acho que ja cheguei a contar ate 5...
bjo
:*