terça-feira, 21 de abril de 2009

:::Reações Sem Ações::::

Fonte: mentedespenteada2.blogs.sapo.pt

.ok. grandes expectativas, grandes tombos.

.é humano criar esperanças quando algo bom está para acontecer. ou se há a possibilidade de uma mudança almejada com todas as forças. qual criança nunca ficou alucinada no dia anterior ao aniversário sabendo que o brinquedo dos sonhos estava por ai, escondido em algum canto da casa? e quem não passa por essa fase em início de relacionamento, onde tudo anda bem e os planos (possíveis, impossíveis, inquestionáveis, supremos) brotam a cada suspiro?

.eu, como bom sonhador que sou, não consigo evitar o processo. surgiu uma oportunidade de emprego? lá vou eu com minhas vivências irreais. conheci alguém interessante? já passa pela minha mente tardes românticas e ociosas, só aproveitando a companhia um do outro.

.e se de um lado isso me eleva, enche de otimismos, por outro, principalmente quando tudo falha, o caos resultante é incalculável. claro que os níveis variam de situação para situação. tempo de recuperação, tempo para compreensão, tempo de esquecimento. o que, apesar dos pesares, nunca foi motivo o suficiente para cessar essa vontade obsessiva....

.os grandes sonhadores tem os piores pesadelos? vale a pena viver o paraíso máximo se o preço é algum tempo no inferno? esperanças são espontâneas, inerentes ao homem ou sofrem o controle que cada um permite?

.abraço.

11 comentários:

O Pequeno Diabo disse...

ctz d q cada um sofre o proporcional ao q controla!

fato

eu tb vivo dessas esperanças

pior eh qd as esperanças falham tanto no trabalho, qt na facul, qt nos relacionamentos

da vontade d cometer suicidio

xx

Latinha disse...

Tudo vale a pena se a alma não é pequena... eu sou um otimista sonhador, ou um teimoso, não sei ao certo.

Entendo o que você fala, mas também acho que tudo isso é parte de um processo maior... crescer! Para alguns essa questão é mais fácil, para outros (eu inclusive) isso é mais delicado.

Acho que o mais importante é estar consciente do que se faz e fazê-lo pelas razões certas... a vida nos monta algumas armadilhas as vezes.

Abração!

E que a força do medo que tenho, não me impeça de ver o que anseio.
E que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
(Fernando Pessoa)

g.boy disse...

penso q temos q ser o mais racional possível e tentar naum viver de esperança e sonhos. mas quem consegue? faz parte da vida esperar sempre o melhor e tentar naum pensar nas desilusões q podem aparecer. temos sim q ser otimistas, mas sem esquecer a realidade - e a realidade nem sempre eh fácil.

=_

Arsênico disse...

Se não agíssemos assim quiridjo... não seríamos humanos... a vida seria monótona... sem graça...

As vezes é bom a gente levar uns tombos pra colocarmos os pés no chão novamenTi...

Então... VIVAMOS!

***

Serginho Tavares disse...

E quanto mais se dedica a algo a decepção poderá ser bem maior

Fernando disse...

Ah, sonhar é bom. Sonhar acordado, pensar nas situações ideais... E depois ir à luta, é isso o que faz a vida valer à pena. Continue praticando ;-). Bjos.

Diego Silva disse...

É regra geral do ser humano viver de expectativas.
Vc é assim, eu tvb sou assim e todos são assim...
Só não podemos viver sonhando sem buscar uma forma de realizar estes sonhos.
Por mais q de alguma forma vivemos um mundo de fantasias, devemos buscar soluções para q isto torne-se realidade.

Abraços!

Dimas disse...

Não sei, eu sou mais pé no chão com essas coisas, Du... Difícil eu me empolgar, principalmente com algo que acabou de começar...rs Pessoas são bichos estranhos..
Abraço

Julio Marin disse...

Prefiro muito mais.... sonhar... fazer planos... viver aquele momento com intensidade.... Nada é pior do que não ter sonhos, do que não conseguir fantasiar, criar um mundo imaginário com coisas maravilhosas. A loucura toda é depois ter que voltar a realidade e encarar cruamente as coisas como são. Se sei fazer isso? A resposta é não, e quem sabe o dia em apreenderei como se faz, já não me restará nada pra fazer...

Grande abraço.. .Lindo o teu texto.

Latinha disse...

"Quando o amor acenar, siga-o,
ainda que por caminhos
íngrimes e acidentados.
Quando as asas do amor
envolverem você, renda-se a ele,
mesmo que a espada que traz
oculta possa lhe provocar dor.
E, quando o amor falar, acredite,
mesmo que sua voz possa destruir
os seus sonhos, como faz
ao jardim o vento norte."
(KAHLIL GIBRAN)

A hora que li, me lembrei desse teu post... espero que goste..

Espero encontrá-lo novamente para podermos conversar mais! Abração!

Klero disse...

por isso dickens escreveu great expectations!