sexta-feira, 10 de abril de 2009

::::Distâncias Regulamentares Para Relacionamentos Irregulares::::

Fonte: hillabilly.blogspot.com

.ok. meus feriados familiares são datas totalmente imprevisíveis.

.geralmente, quando você é universitário, qualquer brecha nessa rotina louca de estudos é desculpa para pegar o rumo da estrada e voltar para alguns dias no conforto de sua casa. e como datas comemorativas não faltam, nem a boa vontade estudantil em prolongá-los o máximo possível, você sempre tem motivos suficientes para esses retornos.

.não sei o porquê, mas comigo foi um pouco diferente. e até hoje tento entender. por toda a minha vida acadêmica, minhas visitas não eram constantes. não era porque morava longe (era uma distância média, totalmente percorrida em uma madrugada de ônibus). nem por dinheiro (meus pais sempre bancavam esse tipo de coisa). poderia ser até pelo trabalho (que consegui a partir do segundo ano). na verdade, no último ano, estava tão esgotado com a rotina trampo-faculdade-TCC, que não voltei uma única vez....

.nessa páscoa, minha mãe até tentou me convencer. mas tenho tanta coisa ainda para resolver e não é uma boa hora para uma estadia por lá. assuntos mal resolvidos das férias de final de ano. amo minha família, mas certos momentos exigem distância.

.na verdade, é um movimento natural. e você deixa de voltar para casa. e começa a visitar a casa dos seus pais. senti isso quando estava na faculdade ainda, principalmente quando fiquei independente financeiramente.

.família, tão fundamental, tão problemática. qual a sua pedida para hoje?

.abraço

6 comentários:

O Pequeno Diabo disse...

tb acredito q seja um movimento natural e eu nao vejo a hora d eu começar a me movimentar

visitar a familia eh o q há!

xx

FOXX disse...

pelo jeito vc ainda tem alguns problemas mal resolvidos com papai-e-mamãe

Julio Marin disse...

Olha... eu te compreendo... mesmo tento tudo as claras e aparentemente não tendo problemas sérios em casa a gente se distancia. Até pra se auto-afirmar individualmente. Eu tbm fiz um pouco disso nesse feriado. Ao invés de passar uma semana com eles, estou indo na sexta de noite e volto no domingo de tarde. E sábado ficarei todo o dia e também noite, fora. Quer dizer. Não me dá aquela vontade de ficar em casa, afinal ainda sou estudante e fiquei as férias inteiras com eles.

Abraços e boa páscoa

Arsênico disse...

Entendo exatamente o sentes... ainda moro na casa de meus pais... mas sabe quando vc almeja umas férias da sua família?... e como eu não posso largar a faculdade no último ano... tenho que suportar as intromições abusivas por parte deles o tempo todo... isso me irrita... e torna nosso relacionamento ainda mais complexo...

Não vejo a hora de terminar a universidade... e sair mundo afora atrás da minha tão sonhada liberdade...

família... apenas pra de vez em quando!

***

Serginho Tavares disse...

pato marreco e parente so serve pra sujar a gente

Dimas disse...

Nossa.... E eu sou considerado um "sem-coração" pelos meusa migos por ser assim..rs Bom saber que o "Du-super-sentimental" é que nem eu...rs
Abraço