quarta-feira, 22 de abril de 2009

:::A Percepção Que Ultrapassa Os Sentidos::::

Fonte: YouTube

.ok. são poucos aqueles capazes de sentir desesperados e silenciosos gritos de socorro.

.nesse final de semana assisti ao filme "Noites de Tormenta (Nights In Rodanthe)", cujo trailer postei no início. li há certo tempo a resenha, positiva. porém, ao encontrá-lo na prateleira da locadora, não restava uma linha sequer. mas da mesma forma, arrisquei. e valeu a pena.

.por inúmeros motivos, durante toda nossa vida, acabamos abrindo mão de algo importante. porque escolhas demandam. porque pessoas pedem. porque algumas não o pedem. porque é o errado. porque é o certo, mas não o conveniente. não é um processo fácil, mas é o mal necessário para continuar a crescer, aprender ou simplesmente sobreviver.

.e às vezes, entre tantas negativas e transformações, acabamos bem distantes do que costumávamos ser. independente dos resultados, nem sempre é possível identificá-los em si mesmo. quem sabe, nota-se algo diferente mas há certo temor de um mero engano de interpretação. nesse momento, um olhar de fora pode oferecer uma análise melhor. para sua salvação ou perdição.

.será que essa venda que por vezes cobre nossos olhos e mentes é um dispositivo pelo qual somente nossas mãos são responsáveis pela retirada? quem opta por cegueira seletiva, vê o mundo melhor ou apenas posterga uma inevitável pane? todos nós, em algum momento da vida, necessitamos de um salvador ou vale mais a máxima "cada um por si e salve-se quem puder"?

.abraço.

6 comentários:

g.boy disse...

soh quem teve q abandonar algo importante sabe o q eh isso. abrir mão talvez seja a coisa mais difícil de se fazer, mas eh como vc disse, um mal necessário...

abço.

O Pequeno Diabo disse...

eu vi esse filme ha dois fim de semanas atras

sei lá...

eu assisti e fui gostando
fui me envolvendo na historia
meio sem entender o pq dela se sentir do jeito cm sentia

talvez fosse coisa da minha idade, ou da minha falta d experiencia (admito)

pq eu percebi q vc pensou nesse filme
e eu não
xx

Autor disse...

Nos nossos caminhos sempre esbarraremos em uma bifurcação e teremos de escolher pra onde seguir.
Faz parte da trajetória.

Fernando disse...

Olá. Tem selinhos pra vc lá no blog. Bjos.

Luan disse...

a gente sempre vai abrir mão de algo. qdo você ja sabe disso e nao tem escapatória vc se adapta...só que a escolha nao é menos dolorosa.

abs,

Luan.

Arsênico disse...

Eu acredito que é cada um por si... pois quando vc tem uma ideia na cabeça... na maioria das vezes não aceita críticas... ou intervenções alheias... se sente dono do próprio nariz... e acha que faz da vida o que quer...

eu sou assim...

***