sábado, 11 de abril de 2009

::::Novos Tempos, Novos Rumos?::::

Fonte: adamandlori.com

.ok. qual seria a influência da evolução natural dos tempos sobre os relacionamentos?

.afinal, romantismo e gestos de amor nem sempre são bem-vistos entre essa geração que discorre sobre ficadas em facebooks, twitters, etc. já ouvi sobre ser cafona, constrangedor, ultrapassado.

.considero também um fator que trabalha contra a existências desses atos a constatação que nem sempre tudo mundo está disposto a levar a frente algo assim. os solteiros inveterados, os racionais extremistas, as feministas radicais, os profissionais em busca de ascensão na carreira. é questão de lógica que nem sempre todo mundo deseja esse tipo de surpresa.

.mas o que eu questiono é: será que não é extremamente encantador receber gentilezas assim? desde um bom dia sorridente quando o tempo e seu humor estão nublados. preparar um jantar em um dia da semana qualquer. comprar pequenos presentes somente pelo fato de recordar aquela pessoa.

.será que estou ficando velho para essa geração? ou o romantismo é atemporal? as pessoas valorizam mais outros tipos de atitude ou então, renegam sentimentalidades? o segredo está na sabedoria de equilibrar arroubo e sensatez? demonstrar/gostar/expor-se assim é cafona ou encantador?

.abraço

7 comentários:

FOXX disse...

nada é atemporal!

Arsênico disse...

nada é atemporal... inclusive o amor... tb não entendo essa nova geração... que não se prende a nada e a ninguém...

***

Fernando disse...

Bom, vc sabe o que me aconteceu qdo cedi a um impulso e fiz uma dessas gentilezas. Foi uma caixa de chocolates e uma rosa em troca de um "susto e preocupação". Então... sim, salvo raras excessões, sentimentalidade hoje em dia é vista como cafona. But that's just my opinion :0). Bjos.

Serginho Tavares disse...

oi moço
obrigado por fazer parte do meu blog

acho que no fundo todo mundo quer amar uma pessoa só e ser feliz com ela para todo sempre mas tem medo de assumir
as pessoas estão cada vez mais presas em seus preconceitos

abração

Diego Silva disse...

Querido, é a globalização. O mundo está contaminado pelo capitalismo e cada minuto perdido com um carinho, um aperto de mão ou um bom dia por exemplo se acarreta num prejuízo qualquer, mesmo que naum exista...e a crise é a culpada de tudo.
Sempre todos com pressa, atrasados para algum compromisso. Somos reféns do tempo e o relógio se transformou numa arma.

O Pequeno Diabo disse...

nd eh atemporal msm

td mudno parece estar atras d um relacionamento
e pq ngm consegue um?!

droga d vida!

eu tb quero um namorado q seja romantico

xx

Klero disse...

não acho que seja cafona ou esteja demodé... mas o romantismo deu espaço ao realismo porque a sociedade transformou-se muito e ele perdeu um pouco do sentido

fica mais difícil conhecer alguém enquanto todos correm para manter o emprego, conhecer as últimas novidades tecnológicas, frequentar os lugares mais falados... e quando conhecemos, fica difícil dedicar todo o tempo que antes tínhamos a nosso dispor

o romantismo está mudando de cara, alguns ainda não se adaptaram... acredito que seja isso. =)